28 agosto 2016

Estou indo embora


Só eu sei o quanto me dediquei a esse sentimento, não vou falar relacionamento porque acredito que quando fala-se de relacionamento quer dizer que duas pessoas estão se relacionando, e apesar de a gente ter ficado juntos por um tempo nunca foi um relacionamento afinal, só eu sentia, só eu me dedicava enquanto você andava por ai se "relacionando", com outras, eu sempre fui sua de corpo, alma, por inteira te entreguei o meu melhor, me dediquei o máximo pra que desse certo, não moço, não estou jogando na sua cara nada disso, fiz tudo isso porque eu quis e talvez varia de novo, é que cansa sabe? a gente se dedicar tanto a alguém e ver que ela simplesmente não esta não ai, é tão rui ver quem a gente ama ligando o botão do foda-se, dói, mais dói mais ainda implorar por amor!
Por isso antes que me machuque mais, antes que eu perca todos os meus sentidos, estou indo embora, não vou esperar você sair por essa porta sem nenhum aviso e não voltar mais, antes que essa dor se torne uma dor maior eu sei que ela pode ser tornar pior, sabe não estou saindo daqui como quem perdeu a guerra, estou saindo daqui com a cabeça erguida por pensar primeiro em mim e depois em você, se esta me fazendo mau não merece que eu fique aqui assistindo a essa palhaçada sem achar graça nenhuma estou indo embora porque o meu amor-próprio ainda fala mais auto que qualquer coisa e obrigada Deus por isso, vai doer, vai, vou pensar em voltar a trás provavelmente, mas ai vou me lembrar do motivo que me fez ir embora, talvez quando você ler isso eu já esteja longe, estou levando tudo que é meu, principalmente o meu coração, não precisa me ligar vou ficar bem!
/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não esqueça de comentar ficarei muito feliz em saber sua opinião sobre o post .Seu comentário é muito importante!
Deixe o link do seu blog aqui para que eu possa visitar ok?

Twitter @MaahTrendy
Snap: Maahtrendy
Pagina: Quase Invisivel

Tecnologia do Blogger.
Desenvolvimento por: Mariely Abreu | Todos os direitos reservados ©. voltar ao topo